Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

BAGAS GOJI

O blogue sobre divulgação, promoção e cultivo de várias espécies de plantas frutíferas pouco comuns em Portugal.

O blogue sobre divulgação, promoção e cultivo de várias espécies de plantas frutíferas pouco comuns em Portugal.

BAGAS GOJI

04
Mar12

GOJI, AS ESTACAS E OS FACTORES ABIÓTICOS

Marco Rebelo
Antes de continuar com as nossas experiências sobre as estacas, e para podermos ficar a saber algo mais sobre este processo, nomeadamente a nível biológico, nada melhor do que lermos um artigo  escrito exclusivamente para o nosso blogue, por quem verdadeiramente sabe desta matéria, pela amiga Márcia Souto, bióloga. Desde já o meu obrigado pela sua colaboração.
Terei muito gosto em poder divulgar mais ideias e informações relacionadas com os temas abordados no nosso blog a quem assim achar algum interesse.
 
Explicação científica do desenvolvimento radicular das estacas de algumas plantas como o Goji
 

"O ambiente ideal para o cultivo de plantas que se reproduzem por estacas, tem que possuir as seguintes características: Uma elevada humidade, luminosidade moderada e temperaturas entre 15 e 25ºC, sendo importante a manutenção da humidade.

As folhas são uma fonte de nutrientes, estes por sua vez são necessários à formação das raízes nas estacas. O alto conteúdo de açúcares e nitrogénio presentes na base das estacas permitem o crescimento radicular das estacas. Os açúcares são sintetizados no processo de fotossíntese, realizado pelos cloroplastos (figura A) presentes nas células vegetais das plantas. Conclui-se que é importante as estacas estarem expostas à luz, pois esta é a energia usada no processo fotossíntetico das plantas, no qual se formam compostos orgânicos (açúcares como a glicose) que vão estimular o crescimento radicular das plantas.

As folhas adultas servem como órgão de assimilação e reserva de carboidratos (açúcares), os quais são cruciais para o sucesso do enraizamento. A preservação das folhas garante a sobrevivência das estacas, tanto pela síntese de carboidratos através da fotossíntese, como pelo fornecimento de substâncias que são importantes no processo de formação de raízes, estimulando a actividade de troca celular, através do fornecimento de factores nutricionais à base das estacas.

 

A duração e a intensidade da luz devem ser suficientes para que a acumulação de carbohidratos seja superior à quantidade consumida pela respiração."
Márcia Souto
Bióloga
 

Figura A: Esquema global da fotossíntese num cloroplasto

 
 
Figura B: Factores abióticos. Características do ambiente físico-químico que influenciam os seres vivos: Luz; Temperatura; Humidade; Tipo de solo.

3 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D