O blogue sobre divulgação, promoção e cultivo de várias espécies de plantas frutíferas pouco comuns em Portugal.

Sábado, 23 de Novembro de 2013

Chega o outono e com ele a altura da colheita de frutos bem nossos conhecidos, caso das castanhas, das nozes ou das avelãs.

Pelas árvores e pelas terras os tons ocre abundam e enchem a natureza de uma beleza especial.

Depois dos magustos e preparadas as compotas e as marmeladas, chega agora a época da apanha dos tamarilhos.

Este é o segundo ano de produção desta árvore. Voltou a carregar com dezenas de cachos de tamarilhos vermelhos, alguns deles já em estado de apanhar. De certeza que estes tamarilhos vão dar boas compotas, saladas e sumos...

 

 
 
 
tags:
publicado por Marco Rebelo às 15:52
link do post | comentar | ver comentários (8) | favorito

Durante o verão os pés de granadilha do quintal não cresceram muito. O desenvolvimento fraco nessa altura poderá ter a ver com o excesso de calor e talvez com o grau de humidade certo.

Nas regiões subtropicais de origem desta planta as condições (temperatura e humidade) são algo diferentes comparando com as do nosso país.

Depois que o tempo ter arrefecido um pouco as granadilhas retomaram o crescimento chegando mesmo a surgir um botão tardio de uma flor.

Aparentemente é o primeiro e único deste ano e se calhar nem vai chegar a abrir porque poderá queimar com a geada. Veremos o comportamento das granadilhas no próximo ano.

Ficam umas fotografias que dão uma ideia do aspecto destes botões, e no caso de abrir alguma flor voltaremos a dar noticia.

 

    

publicado por Marco Rebelo às 15:30
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

mais sobre mim
pesquisar
 
Novembro 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
19
20
21
22

24
26
27
28
29
30


últimos comentários
Olá, alguém sabe quais os passos a seguir para des...
Olá CarlosPor experiencia própria sei que os parda...
Olá boa tarde, tenho cerca de 100 pés de goji e es...
Bom diaHá muito a dizer sobre esta temática
Obrigado pela informação, vou consultar.Abraço
subscrever feeds

blogs SAPO


Universidade de Aveiro