O blogue sobre divulgação, promoção e cultivo de várias espécies de plantas frutíferas pouco comuns em Portugal.

Segunda-feira, 24 de Setembro de 2012

Depois das lagartas, do pulgão e dos pardais, a próxima praga que agora se verifica é... os próprios gojis. É verdade! Os gojis podem tornar-se numa praga por si só. É mais uma prova que os gojis se dão bem em Portugal, bem demais até...

Verifica-se que cada pé desta espécie, além de produzir espontaneamente novos rebentos na base do tronco, tem a capacidade de produzir raizes bastante compridas que podem estender-se a alguma distância (1-2 metros) da planta-mãe, acabando posteriormente por brotar, criando assim novos "filhos".

Com o passar do tempo estas novas plantas vão crescer e criar ainda muitas mais. Para evitar que invadam o espaço de outras espécies há que controlar o seu crescimento, para isso bastando limpar o espaço limítrofe das plantas-mãe.

Por outro lado pode ser uma nova forma de propagação da planta já que estes novos “filhos" podem ser separados na época de crescimento e transplantados para outros locais.

 

Ficam umas fotos ilustrativas tiradas pela nossa amiga habitual Ana Santos. Parece que ultimamente ela tem andado a fazer uma limpeza de gojis para evitar que estes tomem conta do seu quintal, e parece que são ás dezenas...

Arranca essas ervas daninhas todas Ana! {#emotions_dlg.annoyed}

 

 

 

tags:
publicado por Marco Rebelo às 21:24
link do post | favorito

Bom dia,
Sou novo nestas andanças dos blogues e dos gojis.
O ano passado deram-me uns "pauzinhos", aparentemente secos, que plantei em espaços diferentes (mais ou menos abrigados), numa quintinha que tenho em Palmela. Todos eles se desenvolveram por igual e este ano já comi gojis.
Estou ligado à cultura asiática ( a minha mulher é chinesa) e conversando com os chineses fiquei a saber que eles aproveitam também as folhas verdes para cozinhar como outra verdura qualquer e as secas para fazer chá.
Como tenho boas condições de espaço e infraestruturas de apoio, estou a pensar fazer uma plantação para fins comerciais.
Alguém tem dicas sobre prós e contras?
Saudações
carlos mira a 3 de Outubro de 2012 às 10:15

Já tinha ouvido falar que tanto as folhas como as próprias bagas eram utilizadas em sopas e outros pratos chineses.
Sobre as folhas, já ouvi falar da existência de várias espécies de gojis . Não sei se haverá uma espécie especifica que produza as folhas mais adequadas ao consumo ou se não.
Quanto á produção comercial, acho que é um produto novo e o mercado poderá ser limitado. Acho que quem pretende iniciar-se num negócio desta área, pode usar esta planta em complemento a outras por exemplo.
Marco Rebelo a 3 de Outubro de 2012 às 21:42

De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



mais sobre mim
pesquisar
 
Setembro 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
25
26
27
28
29

30


últimos comentários
Olá!Nesta altura do ano ela já não vai crescer mai...
Ola, tudo bem?Tenho um pezinho ainda novinho, mas ...
Eu vivo na região de Aveiro, mais propriamente em ...
Olá!Pelo que sei convém enxertar para produzir fru...
Como muitos de vocês tenho uma anona com cerca de ...
subscrever feeds

blogs SAPO


Universidade de Aveiro