O blogue sobre divulgação, promoção e cultivo de várias espécies de plantas frutíferas pouco comuns em Portugal.

Segunda-feira, 24 de Setembro de 2012

Depois das lagartas, do pulgão e dos pardais, a próxima praga que agora se verifica é... os próprios gojis. É verdade! Os gojis podem tornar-se numa praga por si só. É mais uma prova que os gojis se dão bem em Portugal, bem demais até...

Verifica-se que cada pé desta espécie, além de produzir espontaneamente novos rebentos na base do tronco, tem a capacidade de produzir raizes bastante compridas que podem estender-se a alguma distância (1-2 metros) da planta-mãe, acabando posteriormente por brotar, criando assim novos "filhos".

Com o passar do tempo estas novas plantas vão crescer e criar ainda muitas mais. Para evitar que invadam o espaço de outras espécies há que controlar o seu crescimento, para isso bastando limpar o espaço limítrofe das plantas-mãe.

Por outro lado pode ser uma nova forma de propagação da planta já que estes novos “filhos" podem ser separados na época de crescimento e transplantados para outros locais.

 

Ficam umas fotos ilustrativas tiradas pela nossa amiga habitual Ana Santos. Parece que ultimamente ela tem andado a fazer uma limpeza de gojis para evitar que estes tomem conta do seu quintal, e parece que são ás dezenas...

Arranca essas ervas daninhas todas Ana! {#emotions_dlg.annoyed}

 

 

 

tags:
publicado por Marco Rebelo às 21:24
link do post | favorito

Bom dia,
Sou novo nestas andanças dos blogues e dos gojis.
O ano passado deram-me uns "pauzinhos", aparentemente secos, que plantei em espaços diferentes (mais ou menos abrigados), numa quintinha que tenho em Palmela. Todos eles se desenvolveram por igual e este ano já comi gojis.
Estou ligado à cultura asiática ( a minha mulher é chinesa) e conversando com os chineses fiquei a saber que eles aproveitam também as folhas verdes para cozinhar como outra verdura qualquer e as secas para fazer chá.
Como tenho boas condições de espaço e infraestruturas de apoio, estou a pensar fazer uma plantação para fins comerciais.
Alguém tem dicas sobre prós e contras?
Saudações
carlos mira a 3 de Outubro de 2012 às 10:15

Já tinha ouvido falar que tanto as folhas como as próprias bagas eram utilizadas em sopas e outros pratos chineses.
Sobre as folhas, já ouvi falar da existência de várias espécies de gojis . Não sei se haverá uma espécie especifica que produza as folhas mais adequadas ao consumo ou se não.
Quanto á produção comercial, acho que é um produto novo e o mercado poderá ser limitado. Acho que quem pretende iniciar-se num negócio desta área, pode usar esta planta em complemento a outras por exemplo.
Marco Rebelo a 3 de Outubro de 2012 às 21:42

De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



mais sobre mim
pesquisar
 
Setembro 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
25
26
27
28
29

30


últimos comentários
Olá CarlosPor experiencia própria sei que os parda...
Olá boa tarde, tenho cerca de 100 pés de goji e es...
Bom diaHá muito a dizer sobre esta temática
Obrigado pela informação, vou consultar.Abraço
Obrigado!Este blog surge com informações sobre goj...
subscrever feeds

blogs SAPO


Universidade de Aveiro