Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

BAGAS GOJI

O blogue sobre divulgação, promoção e cultivo de várias espécies de plantas frutíferas pouco comuns em Portugal.

O blogue sobre divulgação, promoção e cultivo de várias espécies de plantas frutíferas pouco comuns em Portugal.

BAGAS GOJI

17
Jun12

MIRTILO (Vaccinium myrtillus)

Marco Rebelo

 

Aproveitando a 5º edição anual da Feira do Mirtilo a realizar nos dias 28, 29, 30 e 1 Jun.-Jul. cá na zona de Aveiro, concretamente em Sever do Vouga, podemos falar um pouco sobre este fruto silvestre que começou a ser cultivado na década de 90 em Portugal e é pouco utilizado na nossa alimentação, talvez por não ser muito popular e não ter entrado ainda nos hábitos dos portugueses, também talvez por ser uma fruta relativamente cara comparada a outras.

 

Em Portugal é na zona do médio Vouga, no vale do Rio Vouga, que se encontra o local ideal para a produção deste fruto, mais especificamente nos concelhos de Oliveira de Frades, Sever do Vouga, Águeda e Albergaria-a-Velha, sendo Sever do Vouga o que reúne as melhores condições pelo seu microclima e solo sendo conhecida como capital do mirtilo em Portugal. Também é cultivado em pequena quantidade no alentejo.

A área de produção de mirtilos em Sever do Vouga tem crescido de ano para ano, este fruto tem grande potencial a nivel de exportação, paises europeus como França, Bélgica e Holanda absorvem a grande maioria da nossa produção.

 

A 5ª edição da Feira do Mirtilo conta com vários tipos de actividades relacionadas com gastronomia, workshops, música, espectáculos, artesanato, etc. A visitar!

 

 

O Mirtilo é uma baga de cor azul-ceroso, que cresce num pequeno arbusto que alcança 1m a 1,5m de altura. O mirtilo encontra-se em regiões nas quais o Inverno é rigoroso, dado que necessita em média de 700 a 1.000 horas anuais de temperatura entre os 10º e os 12º centígrados.

 

Classificação Cientifica:

 

Reino: Plantae

Divisão: Magnoliophyta

Classe: Magnoliopsida

Ordem: Ericales

Familia: Ericaceae

Genero: Vaccinium

Espécie: V. myrtillus

 

 

As folhas do arbusto do mirtilo são caducas e alternas. A sua forma é oval ou elíptica, com o ápice pontiagudo e a bordadura dentada. Medem entre 1 e 3 cm de comprimento. São de cor verde vivo, um pouco mais claro na página inferior, adquirindo no outono uma intensa cor vermelha e amarela. As flores aparecem solitárias ou agrupadas. São em forma de odre de cor branco-rosado-esverdeada e medem entre 5 e 6mm.

Apresenta raízes rasteiras serpenteantes, das quais surgem numerosos troncos angulosos e muito ramificados.

 

O fruto é uma baga globosa de 5mm de diâmetro de cor azul violáceo quase negro. A pele é lisa e apresenta uma cicatriz circular na ponta superior, muito característica. A polpa é sumarenta, clara e com grande número de sementes minúsculas. É uma planta que requere climas frescos, com chuvas bem distribuídas e com frio suficiente durante o Inverno para que a planta tenha uma boa floração e produção.

 

 

O mirtilo é uma planta muito antiga, de origem desconhecida, que cresce espontaneamente no Norte da Europa, Ásia e América. Há quem a considere originária da Europa, Norte de África, Cáucaso e Ásia setentrional. Em Espanha está muito difundido nos bosques luminosos das zonas montanhosas. O principal continente produtor é a América do Norte, concretamente os Estados Unidos  com 96% da produção mundial. A Europa produz aproximadamente uns 4%, enquanto o resto dos continentes não dão produções assinaláveis.

 

Conhecido como o “Rei dos Antoxidantes” e o “Fruto da Juventude”, este pequeno fruto está no topo dos alimentos com maior teor de antioxidantes, ultrapassando as vantagens de outros vegetais como repolhos, espinafres e brócolos. É rico em vitaminas, A, B, C e PP, possuindo ainda sais minerais, magnésio, potássio, cálcio, fósforo, ferro, manganês, açucares, pectina, tanino, ácido cítrico, málico e tartárico.

 

 

O Mirtilo, também conhecido como arando é usado na confecção de bolos, tartes, bolos, sumos, iogurtes, etc.

 

As variedades de mirtilo mais cultivadas em Portugal, tendo em consideração ás caracteristicas de clima e solo ideias são as seguintes: O´Neal, Duke, Bluecrop, Goldtraube, Ozarkblue.

Todas estas variedades se encontram com relativa facilidade á venda em lojas de plantas, viveiros e hortos.

 

 

Alguns sitios a visitar:

 

http://pt-br.facebook.com/feiradomirtilo

http://www.feiradomirtilo.pt/

http://www.quintadaremolha.com/

3 comentários

  • Sem imagem de perfil

    Alberto 19.06.2012

    Boa tarde! Louvo a iniciativa e a tenativa, pode ter falhado por qualquer razão que se prenda com condições ambientais (embora não seja entendido na matéria), mas so pela iniciativa ja lhe dou os mesu parabens! A razão dete meu comentario é para o facto de recentemente ter comprado uma embalagem de bagas de MIRTILHOS para efectuar sementeira, só ainda não o fiz porque antes tenho que os secar e prepar o recipiente, mas conto fazê-lo em breve . Presentemente estou a cuidar de uma cultura de plantinhas de goji, que nsete momento têm cerca de 06 cm. No ano passado fui com um amigo às montanhas do norte da ilha ( informo que resido na Ilha da Madeira) e conseguimos encher 6 garrafões de 5 litros de "agua do Luso" com bagas de mirtilhos silvestres apenas numa colheita para compota.
  • Imagem de perfil

    Marco Rebelo 19.06.2012

    Sobre o mirtilo sei que a forma de propagação mais utilizada é por estaquia.
    Sobre as sementes não tenho conhecimento.
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    Mais sobre mim

    foto do autor

    Subscrever por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

    Arquivo

    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2015
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2014
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2013
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2012
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2011
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D