O blogue sobre divulgação, promoção e cultivo de várias espécies de plantas frutíferas pouco comuns em Portugal.

Domingo, 28 de Abril de 2013

A Germinação

 

Foram usadas sementes de um fruto colhido no ano passado. Depois de bem lavadas e postas a secar ao sol foram semeadas num pequeno vaso com terra comum retirada do quintal. A germinação das primeiras plantas ocorreu com 20 dias.

Não germinaram todas as sementes mas são suficientes porque cada planta produz bastantes frutos. Mais tarde poderão ser retiradas e separadas para poderem ser plantadas nos seus lugares definitivos.

 

 
 
Novos Rebentos
 
O tamarilho resistiu bem ao frio e ás geadas do inverno. Ao contrário do primeiro ano, neste inverno que passou já não foi necessário tomar nenhuma medida de protecção contra o frio. No primeiro ano é conveniente proteger um pouco com um plástico senão corremos o risco de a planta morrer.  Nota-se que com o crescimento este tipo de plantas vai ganhando uma estrutura lenhosa capaz de resistir ao frio. Apenas se verificaram algumas folhas queimadas provocadas por algumas noites em que caiu geada, mas nada mais.
 

  

Logo que chega a primavera o tamarilho começou a ganhar novos rebentos. Perdeu a maioria da folhagem durante o inverno. Nessa altura aproveitei para cortar alguns ramos que me pareciam supérfluos. Não quero que cresça exageradamente fazendo sombra ao resto das culturas do quintal, e por outro lado espero deste modo que o tamarilho ganhe mais "força" e que produza frutos com melhor qualidade.
De cima a baixo o tamarilho enche-se de novos rebentos. Tanto os do tronco como os dos ramos principais foram retirados. Se crescessem provavelmente iriam "sufocar" a planta e não sei até que ponto frutificava convenientemente. Por outro lado assim o tamarilho fica com um aspecto mais arejado.
Rebentos excedentes retirados podem ser aproveitados para produzir novas plantas. Basta plantá-los tendo o cuidado que os manter bem regados e á sombra enquanto não enraizam.
Está agora a começar a ganhar as primeiras flores. É bom sinal aparecerem cedo porque deste modo haverá frutos cedo. A ver vamos...
 
 
tags:
publicado por Marco Rebelo às 22:53
link do post | comentar | ver comentários (14) | | | favorito

Quarta-feira, 24 de Abril de 2013

As chuvas passaram e o mau tempo também. Chega agora o calor. Os melros cantam e fazem ninhos nas árvores do jardim e do quintal. Voam por todo o lado á procura de pequenos frutos, gostam de morangos ou azeitonas. E gostam de saltar pela relva á cata de insectos e minhocas. Este ninho está numa laranjeira do quintal. Aves em liberdade que voam pelos céus. É assim a primavera...

 

 
 
tags:
publicado por Marco Rebelo às 22:45
link do post | comentar | | | favorito

Terça-feira, 16 de Abril de 2013
Feita a sementeira, a germinação ocorreu com 20 dias mais ou menos. Após terem desenvolvido as primeiras folhas, as physalis foram retiradas com cuidado do vaso de onde germinaram e colocadas individualmente em vasos pequenos e potes. O tempo começa a aqueçer e agora é esperar que cresçam mais um pouco. Mais tarde, quando tiverem cerca de 15-20 centímetros podem ser facilmente mudadas para os locais definitivos. Se nos sobrarem muitas, podemos sempre oferecê-las. Devemos escolher uma zona com muito sol e protegida de ventos fortes. Quanto ao tipo de terreno a physalis não é exigente, não precisa de ser muito fértil mas convém ter boa drenagem e de preferência ligeiramente arenoso.
 
 
  

Ao plantar a physalis ter cuidado para espaçar cerca de 1 metro cada planta para que se possam desenvolver convenientemente e frutificar. Podem ser plantadas junto a um muro para ficarem mais resguardadas do vento. Mais tarde se houver necessidade podem ser usados cordéis ou arames e estacas enterradas no chão para suportar as plantas. O vento é o principal factor a ter em conta já que a physalis é muito delicada e facilmente parte com ventos fortes.

O ciclo de cultura de cada planta é de cerca de 2-3 anos em climas amenos. Após este periodo tanto a produtividade como a quantidade de frutos diminui.

Em principio daqui a 4 meses vão dar frutos.

 

tags:
publicado por Marco Rebelo às 14:56
link do post | comentar | ver comentários (6) | | | favorito

mais sobre mim
pesquisar
 
contador de visitas
Abril 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
17
18
19
20

21
22
23
25
26
27

29
30


contacto

últimos comentários
Interessante. Fica a ideia. Obrigado!
Ainda bem que gostas :D
Tenho uma exploração e tenho alguma dificuldade na...
Uma ideia: Orelhinhas de maracujá roxo https://com...
Olá!Posso dizer que já comi Tamarilhos e seu Doce,...
subscrever feeds

blogs SAPO


Universidade de Aveiro