O blogue sobre divulgação, promoção e cultivo de várias espécies de plantas frutíferas pouco comuns em Portugal.

Quinta-feira, 22 de Setembro de 2011

Os pardais ladrões são o inimigo número 1 dos gojis.

 

 

Da minha querida Ana Santos, também ela adepta de plantas e de cactos principalmente, chega-nos algumas informações úteis:

"O Pardal pertence ao reino Animalia e à classe das Aves.

Relativamente ao pardal não há grande coisa a referir. Mas uma delas, é que é  muito fácil distinguir o macho da fêmea.

O macho, tem a cabeça e parte das asas castanhas escuras, sendo o resto do corpo de um tom pardo, acastanhado, enquanto que a fêmea apresenta por todo o corpo uma coloração uniforme, de cor castanho esverdeada.

 

Em casos extremos os pardais podem comer praticamente toda a folhagem duma planta

 

Estas aves alimentam-se maioritariamente à base de migalhas, insectos e minhocas, mas estes, atacam muito os gojis durante a sua fase de crescimento, principalmente as folhas maiores e mais velhas (debicam as folhas ou então cortam mesmo a folha inteira com o bico), por assim dizer; como adoram andar empoleirados também pode acontecer que partam os galhos mais frágeis. As chaminés e os beirais das casas proporcionam locais ideais para a sua reprodução, que acontece na Primavera."

 

Os ramos atacados tornam a rebentar

 

Para evitar ou tentar atenuar os danos provocados por esta praga podemos experimentar por exemplo cortar tiras de plástico vermelho e atá-las nas estacas dos gojis. Este método foi experimentado mas não parece ter sido muito eficaz porque passado pouco tempo os pardais habituaram-se a elas e perderam completamente o medo.

 

Fitas plásticas amarradas não parecem ter sido muito eficazes

 

Outro método, este mais “sui generis” e que foi conselho de um amigo meu, consiste em pendurar cd´s velhos ou inúteis atados por cordéis. Este método de tentar manter os pardais á distância resulta bem em outras culturas e no caso dos gojis tem-se revelado bastante eficaz.

 

 Os discos são agitados pelo vento e reflectem a luz do sol

 

Os discos funcionam como espelhos e afugentam os pardais

 

Esta parece ser a maneira mais radical mas mais eficaz de manter a passarada á distância

tags:
publicado por Marco Rebelo às 18:51
link do post | comentar | ver comentários (2) | | | favorito

Terça-feira, 20 de Setembro de 2011

Voltemos á cultura dos gojis. Logo após os gojis terem sido transplantados, verificou-se que em muitos dos vasos as folhas apareciam roidas e com excrementos, provocadas aparentemente por alguma lagarta. Foram detectados dois tipos de lagartas: umas verdes que se escondiam debaixo das folhas e que á primeira vista se confundiam com a folhagem. Outras cinzentas e grandes, que se escondiam debaixo da terra durante o dia e que saíam á noite para se alimentarem das folhas e dos caules mais tenros.

Fazendo alguma investigação sobre estas últimas (origem, caracteristicas, etc...), foi possivel descobrir que são um tipo de lepidópteros chamados “Nóctuas ou Rosca” - Lagartas de solo. As fêmeas adultas depositam os ovos em placas nas folhas ou no solo, ao pé das plantas, em número muito variável. Os adultos (borboletas) medem 4 a 5 cm de comprimento. Têm um corpo consistente de cor cinzento e apresentam ornamentações características de cada espécie. As lagartas podem atingir 5 cm de comprimento. São cinzentas ou verdes e enrolam-se sobre elas mesmas assim que se lhes toca. Permanecem escondidas no solo, junto às plantas, durante o dia. Durante a noite saem para se alimentar, altura em que provocam os prejuízos nas culturas (muito comum nas batateiras). As lagartas destes lepidópteros observam-se em todas as regiões do país, de Julho a Setembro.

 

 

Ovos de lagartas“Nóctuas ou Rosca”.

 

 

Lagarta “Nóctua ou Rosca” Agrotis Spp.

 

 

Outros exemplos de lagartas do solo.

tags:
publicado por Marco Rebelo às 18:51
link do post | comentar | ver comentários (1) | | | favorito

Segunda-feira, 19 de Setembro de 2011

Ingredientes:


1kg tomate maduro
200g bagas goji
500g de açúcar amarelo
1 pau de canela

 

Preparação:


Demolha as bagas gojis num pouco de água durante cerca de 30 minutos.
Pela os tomates e corta-os em pedaços pequenos. Deixa-o escorrer, juntamente com as gojis durante 1h, para retirar o excesso de água.
Leva ao lume o tomate e as bagas escorridas, juntamente com o açúcar, a casca de limão e o pau de canela. Deixa ferver até ganhar consistência. No final retira o pau de canela e a casca de limão. Guarda em frascos.

Sugestão: Se preferires, no final desfaz o tomate e as gojis com a ajuda da varinha mágica.
Aproveita a água que escorreste do tomate e das gojis para cozer arroz ou para outra preparação culinária.

 

Fonte:

http://www.centrovegetariano.org/receitas/Article-775-Compota%2Bde%2Bgojis%2Be%2Btomate.html

 

tags:
publicado por Marco Rebelo às 18:20
link do post | comentar | ver comentários (2) | | | favorito

Sexta-feira, 16 de Setembro de 2011
  • Protege o corpo do envelhecimento e aumenta a longevidade
  • Promove a energia e bem-estar em geral
  • Protege contra doenças cardio-vasculares e inflamatórias
  • Fortifica e mantém um sistema imunitário saudável
  • Alguns estudos apontam como tendo propriedades anti-cancerígenas
  • Combate a artrite
  • Baixa o colesterol
  • Equilibra os níveis de pressão do sangue
  • Ajuda no processo digestivo e na perda de peso
  • Melhora os níveis de insulina nos diabéticos
  • Melhora as cataratas, a visão turva e a audição
  • Fortalece e suporta a função saudável do fígado e dos rins
  • Fortalece os ossos e os tendões
  • Mantém um sistema nervoso saudável
  • Protege a pele dos danos causados pelo sol
  • Aumenta a líbido e o desempenho sexual
  • Promove a fertilidade

 

Exemplo de um Goji num vaso cá em casa. (semeado há 5 meses)

 

 

Com 1,15m foi cortada a ponta da haste principal para promover o crescimento

de novos rebentos laterais.

tags:
publicado por Marco Rebelo às 14:43
link do post | comentar | | | favorito

Sexta-feira, 9 de Setembro de 2011

O objectivo principal de podar os gojis, ou outro arbusto qualquer, é estimular o crescimento e desta maneira fazer com que as plantas produzam o máximo possivel de frutos.

Se não for feita uma poda a planta fica feia e com uma ramagem desorganizada o que pode inibir a sua capacidade de produção de fruta. Cortar ramos excedentários mais fracos é importante para todos os ramos apanharem sol e haver bom arejamento.

 

Há várias maneiras de podar os gojis. A altura ideal é no final do inverno, um mês antes de brotarem novos rebentos, mas também é possivel fazer podas durante o verão se tal for necessário.

Por exemplo, se quisermos formar uma árvore com um tronco único até uma altura de 60 cms a 1 metro, podemos cortar os ramos até essa altura  e depois deixar ramificar apartir daí.

 

 

 

 

 

Exemplos de tipos de podas de gojis:

 

 

 

 

tags:
publicado por Marco Rebelo às 22:20
link do post | comentar | ver comentários (29) | | | favorito

Quarta-feira, 7 de Setembro de 2011

Li Ching Yuen


No dia 6 de maio de 1933 a página 13 do jornal New York Times, exibiu a foto de Li Ching-Yuen, um chinês que sobreviveu a 23 esposas, teve 180 filhos e que alegadamente terá  vivido até a idade de 256 anos.

Li-Ching Yuen nasceu em 1678 na provincia chinesa de Sichuan onde também  morreu em 6 de maio de 1933. Era um experiente herborista, praticante de Chi Kung e de outras diciplinas de meditação e artes marciais. Passou muito tempo nas montanhas do Tibete recolhendo ervas medicinais (incluindo o Goji), que segundo ele o ajudavam a manter-se jovem e saudável.

 

Em 1927 foi tirada a única foto de Yang Sen, com a idade de 250 anos...

 

A sua idade nunca foi provada e poderá muito bem não passar de um mito, mas nunca se sabe...

 

 

tags:
publicado por Marco Rebelo às 21:15
link do post | comentar | | | favorito

Segunda-feira, 5 de Setembro de 2011

Ingredientes:


200g bagas goji
200g de amoras silvestres
400g de açúcar amarelo
1 pau de canela

 

Preparação:


Demolhe as gojis num pouco de água durante cerca de 30 minutos.
Lave bem as amoras.
Leve ao lume as amoras e as bagas escorridas, juntamente com o açúcar e o pau de canela. Deixe ferver até ganhar consistência. Depois, retire o pau de canela e desfaça a fruta com a varinha mágica. Guarde em frascos.

Sugestão: Pode substituir as amoras silvestres por framboesas ou outras bagas.

 

Fonte:

http://www.centrovegetariano.org

tags:
publicado por Marco Rebelo às 21:59
link do post | comentar | | | favorito

Após mais ou menos 2 meses após a semeadura, as plantas de goji ficam em boas condições de serem separadas e transplantadas para outros vasos maiores ou para um local definitivo, um quintal por exemplo. Neste último caso convém usar algum tipo de fertilizante orgânico.

Tipo de solo: Alcalino. PH entre 7.0 e 8.0 dizem ser o ideal mas não foi testado.

Podem ser utilizadas estacas para suportar o crescimento das plantas.

 

No caso dos vasos e em alternativa, podem ser  usados por exemplo embalagens de leite vazias, como se pode ver nestas fotos. São bastante práticas.

Mais tarde estas plantas podem ser transplantadas para vasos ainda maiores ou para o quintal.

 

 

 

tags:
publicado por Marco Rebelo às 19:19
link do post | comentar | ver comentários (36) | | | favorito

Domingo, 4 de Setembro de 2011

Local: Portugal (zona de Aveiro).

 

Foram demolhadas num copo de água várias bagas secas durante aprox. 8 horas para facilitar a remoção das sementes do interior. E depois secas ao ar livre.

Seguidamente semeadas num vaso largo só com terra do quintal ( em meados de Março parece ser a época ideal). Espalhar algumas sementes na terra e cobrir com cuidado com mais uma pequena camada de terrra. Não me parece que seja necessário comprar qualquer tipo de terra especial para plantas para este efeito. Foi regado e exposto o vaso á claridade mas mantido abrigado do vento.

 

As primeiras plantas começaram a nascer passado uma semana.

 

 

 

 

tags:
publicado por Marco Rebelo às 15:55
link do post | comentar | ver comentários (13) | | | favorito

Neste caso tudo começou quando comprei uma embalagem de Gojis secos. Existe á venda em vários supermercados como por exemplo intermarché e jumbo, mas também se vende em ervanárias e lojas de produtos naturais.

 

tags:
publicado por Marco Rebelo às 14:53
link do post | comentar | | | favorito

Sábado, 3 de Setembro de 2011

Há 2 tipos de propagação da planta: por sementes e por estacas no inicio da primavera (meados de Março). A propagação por estaca tem a vantagem da planta produzir frutos mais cedo, geralmente nesse mesmo ano (frutifica de Agosto a Outubro). No caso das sementes teoricamente só irá produzir fruto apartir do 2º ano e em maiores quantidades nos anos seguintes.

 

É possivel, e para quem preferir em alternativa ás sementes, adquirir vasos desta planta  em hortos e outras lojas de árvores e plantas. Geralmente são plantas desenvolvidas apartir de estacas e não por semente. Muitas delas poderão apresentar já flores. O preço pode rondar entre 3 e 10 euros dependendo do tamanho das plantas.

 

 

tags:
publicado por Marco Rebelo às 19:17
link do post | comentar | ver comentários (23) | | | favorito

Estas fotos foram tiradas cá em casa e mostram que é possivel a floração de gojis em Portugal.

Neste caso concreto são fotos de um Goji de apenas 4 meses, foi semeado em fins de Abril deste ano e que começou a dar flor no final de Agosto.

São apenas meia dúzia de flores num dos ramos mas que evidencia que esta planta se desenvolve bem e muito rapidamente no nosso clima.

Vamos aguardar e continuar a seguir esta planta em particular para ver se chega a dar algum fruto ainda este ano.

 

 

 

 

 

tags:
publicado por Marco Rebelo às 14:01
link do post | comentar | | | favorito

Sexta-feira, 2 de Setembro de 2011

As bagas são vendidas secas e podem ser comidas directamente do pacote ou adicionadas a iogurtes, cereais de pequeno-almoço, saladas de frutas ou de vegetais, batidos, massa de pão ou bolos, ou outro alimento, como qualquer outra fruta seca.

Também podem ser demolhadas e rehidratadas, para obter uma consistência próxima da original. Outra sugestão é uma infusão de bagas goji como calmante (um punhado delas numa caneca com água quente).

As gojis podem ser consumidas por pessoas de todas as idades e condições físicas, incluindo grávidas. Como são muito saborosas, são facilmente apreciadas. Apesar de se poder consumir à vontade, a dose ideal é de cerca de uma mão cheia (20g-40g) por dia.

As bagas são um alimento prático para levar para o lanche no emprego ou na escola, e uma excelente forma de ingerir mais fruta.

Para melhor conservar as suas propriedades deve guardá-las em local fresco e seco, em pacote ou frasco bem fechado.

 

tags:
publicado por Marco Rebelo às 19:39
link do post | comentar | | | favorito

Análise nutricional (por 100g):

 

Calorias: 1487 KJ / 360 kcal

Proteínas: 12.20 g

Hidratos de carbono: 57.82 g

Lípidos: 7.14 g

Fibras: 7.79 g

Cálcio : 112 mg (14% da DDR)   

Ferro: 9 mg  (64.3% da DDR)      

Fósforo: 203 mg  (29% da DDR) 

Zinco: 2 mg

Selénio: 50 mcg

Potássio: 1.132 mg

Vitamina B2: 1,3 mg

 

tags:
publicado por Marco Rebelo às 19:30
link do post | comentar | | | favorito

Pesquisas demonstram que provavelmente é a fruta mais rica em nutrientes que existe no planeta. A ver:

  • Contém 19 aminoácidos, que ajudam a formar as proteínas, incluindo os oito que são essenciais para a vida. Alto teor em fibra (10%).
  • Contém 21 minerais vestigiais, incluindo germânio – considerado em estudos como tendo atividade anti-cancerígena, que é raro como fito-nutriente.
  • Contém o espectro completo de carotenóides antioxidantes, incluindo beta-caroteno (maior concentração que a cenoura) e zeaxantina (protetor dos olhos). O goji é a maior fonte de carotenóides conhecida.
  • Contém 2500 mg de vitamina C por 100 gramas da fruta.
  • Contém beta-sisterol, fito-nutriente com função anti-inflamatória, que ajuda também equilibrar os níveis de colesterol e pode ser usado no tratamento de impotência sexual e equilíbrio da próstata.
  • Contém ácidos graxos essenciais, que são necessários para síntese de hormônios (hormonas) e regula o funcionamento do cérebro e sistema nervoso.
  • Contém cyperone, um fito-nutriente que traz benefícios ao coração e à pressão sanguínea.
  • Contém fisalina, fito-nutriente usado nos transtornos da hepatite B.
  • Contém betaína, fito-nutriente usado pelo fígado para produzir colina. A betaina promove grupos metil com reações energéticas no corpo, ajuda a reduzir o nível de homocisteína, um fator de risco em problemas cardíacos, protege a célula em nível de DNA.
tags:
publicado por Marco Rebelo às 19:01
link do post | comentar | | | favorito

mais sobre mim
pesquisar
 
contador de visitas
Setembro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
17

18
21
23
24

25
26
27
28
29
30


contacto

últimos comentários
Obrigado!É uma boa ideia e parece ser eficaz.Aqui ...
Marco,Única solução é rede anti-pássaro.Há que já ...
Boa noite!Não precisa de ser podada para dar fruto...
Olá sabe me dizer se a goji precisa de ser podada ...
O ideal é apanhá-los quando estiverem com a "capa"...
subscrever feeds

blogs SAPO


Universidade de Aveiro