O blogue sobre divulgação, promoção e cultivo de várias espécies de plantas frutíferas pouco comuns em Portugal.

Terça-feira, 24 de Julho de 2012

Tal como acontece com os gojis, os physalis começam também agora a amadurecer. A planta nasceu por acaso no quintal, foi transplantada para um vaso e depois novamente para o quintal.

É conveniente plantar estas plantas num sitio com muito sol e com algum espaço. São um tipo de plantas que crescem rapidamente, e em pouco tempo atingem uma altura considerável.

Á medida que os ramos crescem, têm tendência a tombar com o peso e acabam por ficar pousados no chão. Neste caso, e para evitar que as folhas, as flores e mais tarde os frutos se estragassem devido á humidade e a insectos, foram colocadas algumas estacas e fios para tentar suportar o peso dos ramos mais longos tentando com que ficassem suspensos.

Entretanto a planta floresceu, dando bastantes frutos. Passado algum tempo algumas das folhas maiores e mais antigas da zona inferior da planta começaram a amareleçer (o que parece ser um fenomeno normal), acabando por cair e expor os frutos ao sol, causando rápida secagem da capa de protecção exterior e facilitando o amadurecimento dos frutos.

 

Desde Abril até agora o pé de physalis teve um grande crescimento.
 
 
Quanto á produção comercial e por curiosidade, na Colômbia que é dos maiores produtores mundiais, a physalis é uma planta de cultivo bianual. Este é um país de clima subtropical onde não há ocorrência de geadas podendo assim a physalis ser plantada e colhida durante o ano todo. O mesmo já não se passa na europa que é uma região com um clima mais temperado.
Concretamente em Portugal, por haver invernos mais rigorosos com ocorrência de geadas, a physalis deixa de produzir nesta altura. É assim uma planta de ciclo anual, com produção sazonal (produz frutos apenas durante o verão).
O ciclo da cultura da physalis pode durar até dois anos após este período tanto a produtividade quanto a qualidade dos frutos diminuem.
 
Á medida que algumas folhas amareleçem e vão caindo, os frutos acabam por ficar expostos ao sol.
 
Physalis peruviana L.
 
Já temos frutos maduros. Vamos aproveitar para testar a receita das physalis cobertas com chocolate.
 
 Para acompanhar o chá ou o café. Bombons de physalis cobertos com chocolate é uma sugestão testada e aprovada!
tags:
publicado por Marco Rebelo às 17:36
link do post | comentar | | | favorito

Olá
Já estámos a comer da nossa «produção» há cerca de 15 dias.
A princípo também me assustei com as folhas amarelas....mas deve ser tropismo da planta para que o sol dê no fruto.
Depois...onde caiu uma folha, vai aparecer um novo rebento.
Cumprs
sansoni7 a 25 de Julho de 2012 às 22:29

Também tenho uns physalis aqui pelo quintal, que vão nascendo espontaneamente de ano para ano. Inclusive descarto várias plantas.
Entretanto, como tenho o bichinho das plantas, especialmente das esquisitas, acabei de semear uns que darão capsulas vermelhas, da variedade designada por Physalis franchetii gigantea. Veremos no que dá.
olharuco a 28 de Julho de 2012 às 01:02

oi gostaria de saber se a planta de physalis pode ser podada ou não e se sim em que época do ano obrigado
zeca a 13 de Agosto de 2013 às 00:03

Quanto á poda da physalis é mais ou menos á vontade do freguês.
Podes semeá-la e deixar crescer o tronco principal e ao mesmo tempo ir retirando os ramos laterais. Apoiada por uma estaca ficará com um aspecto mais arejado parecida a uma pequena árvore.
Por outro lado podes deixar crescer á vontade. Mas deste modo vão precisar de mais espaço.
Depois da colheita e na altura do outono quando a folhagem começar a cair podes cortar por baixo deixando os troncos com uns 10 a 20 cms de altura. Na primavera tornam a rebentar.

Um abraço!
Marco Rebelo a 14 de Agosto de 2013 às 14:41

Engraçado vocês chamarem isso de physalis, enquanto via as plantas nunca percebi o que era, até ver o fruto nestas fotos. Aqui nos Açores chamamos isso de capuchos. Já agora muitos parabéns pelo blog, comecei a segui-lo pelas bagas de goji e agora sou fã de tudo o que escreve. Continue!
Ana carreiro a 14 de Novembro de 2013 às 10:21


mais sobre mim
pesquisar
 
contador de visitas
Julho 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
12
13
14

15
16
17
18
19
21

22
23
25
26
27
28

29
30
31


contacto

últimos comentários
Ola ja e o quarto ou quinto ano que tenho a minha ...
Interessante. Fica a ideia. Obrigado!
Ainda bem que gostas :D
Tenho uma exploração e tenho alguma dificuldade na...
Uma ideia: Orelhinhas de maracujá roxo https://com...

blogs SAPO


Universidade de Aveiro