O blogue sobre divulgação, promoção e cultivo de várias espécies de plantas frutíferas pouco comuns em Portugal.

Terça-feira, 5 de Junho de 2012

Depois de um fim-de-semana "culinário" e de um bolinho de anona que caiu que nem "ginjas" com uma chávena de chá, aproveitamos para continuar a falar da situação das experiências em curso com as anonas.

As sementes para esta experiência foram retiradas de frutos comprados, originários da ilha da Madeira. A maioria destes frutos que vemos á venda no comércio são originários da Madeira e de Espanha. Foram semeadas em recipientes no inicio da primavera. Foi usado substrato orgânico misturado com alguma areia branca para facilitar a drenagem da água e colocadas em sitio abrigado mas com muita luz. Têm uma casca dura e demoraram quase 2 meses a germinar.

Dizem que a árvore, que também se poderá obter por enxertia demora cerca de 7 anos para começar a frutificar por isso é melhor começar quanto antes.{#emotions_dlg.bunny}

 

 

Em termos nutricionais, a anona é uma fruta tropical bastante completa, sendo rica em água e vitamina C e vitaminas do grupo B; possui ainda cálcio, fósforo, ferro e potássio e hidratos de carbono (especialmente a frutose). Tal como o tamarilho, dizem que a anona é boa para combater o mau colesterol.

 

 
Em estado mais avançado de desenvolvimento encontram-se as anonas da minha querida Ana Santos. Também ela adepta destas experiências com plantas, facultou-nos uma foto de algumas das suas anonas. A foto permite-nos ter uma ideia geral do aspecto deste tipo de plantas germinadas com 2 meses. Muito brevemente iremos ter novidades de mais plantas da Ana, concretamente sobre os gojis.
 
tags:
publicado por gojiberries às 15:44
link do post | comentar | | | adicionar aos favoritos

Olá
Em tempos semeie e germinei sem dificuldade várias sementes de anona.
Distribui pelos amigos e fiquei com uma planta. Coloquei-a no terreno e aos 2 metros de altura impedi que crescesse masi. Todos os anos pelo Inverno se despe de folhas. Nesta altura, já está vestida e tem algo esquesito num dos troncos....estou em crer que seja uma flor. Se fêr, fotografo.

Ahhh....Este é o terceiro ano e nada de frutos....para já.

Cumprs
sansoni7 a 5 de Junho de 2012 às 22:04

Olá! Como uma boa parte das árvores fruteiras, deveremos efectuar podas para controlarmos o seu crescimento e aumentar a sua robustez, quanto à altura, se o local onde ela se encontra tem algum espaço poderia deixá-la chegar até aos 3,5/04 metros de altura e então podar o que fosse além dessa altura, não esquecendo de ilmpar/eliminar alguns dos ramos mais fracos do seu interior de modo a permitir um maior arejamento do interiror da sua copa e porque não controlar de modo a deixar um espaço livre para colocar uma cadeira para apanhar sombra nos dias mais quentes de Verão.
Quanto à frutificação, poderá ser floração, e se for, a determinada altura ela abre-se em três "pétalas" para depois cairem e ficar uma "bolinha" que vai crescendo dando origem a um fruto - Entre outras, tenho duas anoneiras que plantei no ano passado e que foram enxertadas por um técnico agrario em Abril passado , estão com cerca de 60 cm de altura e já estão em floração mas não vou deixar frutificar para as plantas ganharem mais vigor . Lembro que a anoneira não enxertada dificilmente vai produzir frutos com o tamanho e qualidade daqueles que habitualmente encontra no mercado, poderá produzir frutos menores e menos saborosos por se tratar de uma arvore "bravia", para ter bons frutos terá de escolher uma entre as várias variedades existentes e enxertar com essa variedade. Qualquer ajuda, não te nha receio em solicitar, desde que esteja ao meu alcance, ajudarei. Saudações amigas.
nota - tambem efectuei sementeira e tenho varias plantas novas
Alberto a 29 de Junho de 2012 às 08:59

Obrigado amigo pela disponibilidade.
sansoni7 a 29 de Junho de 2012 às 09:22

Boa tarde, gostaria de saber como é que posso arranjar os enxertos?
Obrigado.
jmcafeii a 6 de Setembro de 2012 às 14:04

Olá Jmcafeii! Os "garfos" para fazer os enxertos devem ser retirados de plantas já selecionadas que dão frutos grandes, bonitos, polpa saborosa e com poucas sementes. Na Madeira existem quatro variedades importantes com estas características. Penso que no continente isso será difícil devido à escassez de anoneiras. Na Madeira existem viveiros de plantas que já se encontram enxertadas nessas variedades - ("Madeira", "Mateus I"; "Funchal" e "PerrY Vidal"). Ao que parece já foram exportadas plantas para o continente. Se desejares, fico ao corrente e passo-te essa informação outra ocasião. Cumprimentos!
João Nóbrega a 21 de Janeiro de 2013 às 22:22

ola
o melhor mesmo é ir a um mercado tradicional ou a um viveiro e comprar a arvore, pois ela já vem grande e enxertada ,eu estou no algrave e comprei umas em espanha ao segundo ou terceiro ano estão dando fruto
carlos a 6 de Abril de 2014 às 17:53

boa noite! Dos comentários que leio conclui-se que se deve ou é preferível comprar a planta já enxertada mas no caso de j+a ter uma e está bonita, só descobri agora o que era, como se faz? Obrigada
Fernanda Fernandes a 5 de Junho de 2014 às 21:30

Olá, acabo de comprar uma anoneira, já enxertada e preparo-me para planta-la.
Li que a melhor altura para plantar é durante o periodo de chuvas. Aqui no Algarve será apenas em Novembro, e ainda estamos em Junho.
Também queria perguntar se devo planta-la ao sol ou à sombra, uma vez que os aloevera dão-se MUITO melhor à sombra e a bananeira que tenho ao sol poco se desenvolve uma vez que aqui o sol é mto forte e o ar seco. Esta bananeira vou transplanta-la para a sombra ainda esta semana.
Obrigado e abraço!!
miguel a 3 de Julho de 2013 às 13:11

Olá Miguel,
Sim agora não é muito boa altura para fazeres a muda da anona para o local definitivo, pois está demasiado calor e a planta poderá ter grandes dificuldades em sobreviver à aventura.
Aconselho para Outubro/Novembro, pois é a altura mais adquada.
Quanto ao local aconselho a meia sombra, a minha está nestas condições e não tem tido problemas nenhuns.
Cumprimentos e boa sorte!

Obrigado pela resposta... Sim acho que vou esperar então. E já tenho o local indicado para ela... daqui a um ano saberemos se resultou ou não :)
Abraço!!
miguel a 3 de Julho de 2013 às 22:07

Ola, tenho algumas anoneiras já crescidas gostaria de as enxertar quando fosse a altura indicada ou comprar algumas já enxertadas, podes- me indicar onde as comprar?
sergiobarradas a 1 de Dezembro de 2013 às 12:36

dei agora conta de que tenho uma anoneira na minha varanda, desconhecia até agora o que seria e tem uns 30 cm de altura.Nunca fiz nada, para mim era mais uma planta verde.Agora fico em dúvida se devo ou posso mudar de vaso e como posso enxertar...alguém ajuda por favor?
Fernanda Fernandes a 5 de Junho de 2014 às 21:16

Fiquei contente por poder contactar com uma pessoa k me ajudará--------Tenho váias anoneiras mas não sei como enxerta-las.........que tipo de arvore é que se poderá usar para as enxertar ?

Algumas já estão enoirmes,mas nunca as podei.......Em que altura se devem podar ? Muito agradecia me pudesse responder a estas questões,,,,minha anoneiras terão à volta de 4 anos..........DESDE já lhee agradeço.

Margarida Bettencourt

bettencourtmargot@hotmail.com
margarida bettencourt a 23 de Agosto de 2014 às 15:08

Boa tarde, amigo! Pelo que me é dado perceber, parece que "padecemos do mesmo mal/bem(?)",pois tambem aproveito tudo o que é sementes de frutos para pô-las a germinar e depois partilhar as plantas com os amigos. Apesar de residir na Ilha da Madeira (para o bem e para o mal) gostaria de trocar/partilhar experiencias deste tipo com pessoas desse lado, inclusivé trocar sementes,etc. Plantei duas amendoerias enxertadas provenientes do Algarve, este ano deram flor e vingaram alguns frutos mas infelizmente não sobreviveram, vou aguardar mais um ano, tenho um medronheiro tambem do Algarve mas ainda esta pequeno, consegui fazer germinar várias sementes de amendoas (estão atualmente com cerca de 50 cm) entre outras fruteiras todas elas a partir de sementes postas a germinar por mim; presentemente conto com cerca de 50 fruteiras sub-tropicais nomeadamente abacateiros, anoneiras, goiabeiras, araçazeiros, cafezeiros,nespreiras, macadâmeas, gingeiras, etc. Em Abril proximo passado (deste ano) solicitei o serviço dum tecnico em enxertias para enxertar 2 diospireiros e 2 anoneiras e, para meu espanto, uma delas já apresenta 4 "botões de frutificação", mesmo que vinguem, vou eliminá-los para a planta não perder força.

Alberto a 19 de Junho de 2012 às 17:24

Olá como está?
Já que é da ilha da Madeira aproveito a oportunidade para lhe perguntar se tem conhecimento de mais dados concretos sobre a cultura das anonas aí na ilha. Sobre frutos sei que a Madeira é conhecida pelas famosas bananas mas só há pouco tempo é que me apercebi que uma parte das anonas que vemos nos supermercados vêm da Madeira.
Se nos puder dar mais alguma informação sobre esta cultura aí na Madeira agradecia.
Um abraço! obrigado.

Olá,Boa Noite! Apesar de resdidir na área do Funchal, contacto de forma indireta com a agricultura desde criança pois as minhas origens são de zona ruarl e tem sido uma atividade que sempre me despertou a atenção e, sobretudo nos ultimos anos tenho dispensado uma boa parte do tempo a essa área. Ao fim de semana, os elementos da familia partilham o cultivo de diversos terrenos proprios no norte da ilha. Nos ultimos 2 anos tenho procedido à sementeira de diversas fruteiras para depois de germinadas e desnvolvidas, proceder ao seu transplante para os terrenos definitivos, entre elas tenho anoneiras que já foram plantadas em terreno definitivo no ano passado e enxertadas este ano no passado mês de ABRIL que é um dos meses mais adequados para a sua enxertia; na passada semana, aquando da minha visita ao local, deparei-me com alguns desses enxertos em floração. Infromo que existem diversas variedades /com mais ou menos sementese variando os paladares consoante cada subespecie e com as caracteristicas do terreno e clima do local de produção- uma das melhores zonas é o Faial na costa norte.
Alberto a 20 de Junho de 2012 às 22:33

Continuando o comentario anterior, e, não sendo tecnico na materia, os conhecimentos que possuo, são unicamente de ordem prática, para o cultivo da anoneira, exige um clima sub-tropical com umdeterminado grau de humidade sobretudo na época de floração para o vingamento dos frutos, não é recomendavel o seu cultivo em zonas com temperaturas baixas, no entanto tenho conhecimento de duas familias que possuem árvores destas com algum porte na zona de AVEIRO, relativamente perto da praia e de uma outra no ALGARVE; quanto a produções, não sei mais elementos. Se necessitarem, mais alguma informação, disponha. Tambem cultivo por sementeira, entre outras, abacateiros, goiabeiras, araçás, tomate arbóreo, nogueiras, pitangueiras,macadâmeas, e actualmente estou em experimentação o GOJI. Com as minhas cordeais saudações.



Alberto a 20 de Junho de 2012 às 22:51

É sempre interessante saber algo mais, principalmente de conhecer e ter mais dados do que se faz e das culturas que existem aí na ilha.
Pode ir sempre ir comentando e dando noticias também sobre as suas culturas sempre que queira.
Muito obrigado!
gojiberries a 21 de Junho de 2012 às 14:11

Boas

desejava saber que tipo de enxerto fez técnico na anoneira, se de garfo, borbulha, etc,. Já agora, tem sementes de araçá de fruto vermelho? Em caso positivo, poderia enviar por correio para o continente?
Um abraço,
Anónimo a 15 de Outubro de 2012 às 22:19

Continuando o comentário anterior, dou conhecimento que a ultima experiencia em curso foi a sementeira de GOJI , não sei se são verdadeiras do Tibete, mas o certo é que estão bem bonitas, pela quantidade que semeei, obtive uma boa percentagem de germinação, neste momento estão com cerca de 06 cm de altura, o tempo dirá se a taxa de sobrevivência e desenvolvimento se manterá ou não, são tantas plantas, que vou ter necessidade distribuir algumas por pessoas amigas, pois não disponho de terreno suficiente e custa-me deitar para o lixo.
Alberto a 19 de Junho de 2012 às 17:41

O gojis secos que vemos á venda podem vir de várias origens, do Tibete, da China ou da Turquia, mas se a espécie for idêntica entre eles, o fruto será exactamente igual, independentemente da origem. Logo a proveniência tem pouco interesse acho eu.
Faz bem em ofereçer. Eu também gosto de ofereçer plantas que não posso ter. No meu caso dá-me um gozo especial ofereçer algo nosso que gostamos, e que sabemos que vai ser bem tratado.
Um abraço!
gojiberries a 19 de Junho de 2012 às 19:09

Antes de mais, bem vindo a este «espaço» de amizade e confraternização de experiências agrícolas.

Gojis também tenho várias plantas com menos de um ano, provenientes de sementes de várias origens e tenciono ficar com uma de cada para ver se há diferenças no fruto.
Para já, nas plantas parece-me que sim...há como folhas maiores e mais largas do que outras; com mais rebentos ou mais esguias....vamos ver.
Cumprs e vá-nos relatando as suas experiências.
sansoni7 a 21 de Junho de 2012 às 14:21

Claro que continuando a relatar as experiências. Mas sempre trazendo alguma coisa nova e diferente e principalmente interessante e sem cair no aborrecido nem na repetição.
Como és o maior visitante do site um abraço sincero. Vai comentando sempre que queiras.
Obrigado!

Olá
Por acaso o post anterior era para o amigo da Madeira. Agora que respondeste, reli-o e afinal pode ser para um ou para outro ou mesmo para ambos, por isso....um abraço a ambos e vamos partilhando as nossas incursões agrícolas. :-)
sansoni7 a 21 de Junho de 2012 às 15:06

Olá.

Apreciei imenso os vossos comentários. Também eu gosto de criar plantas a partir das sementes. Porém, tenho alguma dificuldade em fazê-las germinar. Gostaria de saber qual é a vossa técnica? Desde já agradeço os conselhos. Maria Soares
maria soares a 13 de Novembro de 2013 às 21:56

Boas

A minha única anona que escapou (esteve recolhida) da sementeira do ano passado, está com 20 a 25cm, ainda num vaso. Sucede que apenas cresce tipo trepadeira e não forma troncos.
Devo cortar-lhe o "pecoço" para tentar que brotem os troncos?

Agradeço informação.
olharuco a 29 de Julho de 2012 às 02:11

Olá Goj, talvez possas me ajudar. Pesquisando na net não encontrei se... posso podar a anoneira na parte superior, ou seja, tirar toda a copa deixando a parte mais baixa. Resido no sul do Brasil. Minha anoneira já completou dois anos, está com dois metros e meio ou mais, perdeu as folhas pela primeira vez nesse outono e nada de sinal de frutos ainda. Boa semana para você, ah... bem dez teu blog. Amei.
Marlene a 23 de Setembro de 2012 às 18:59

Olá Marlene,
Essa é uma árvore que ainda não é muito conhecida em Portugal.
Estamos agora em fase experimental, e como tal ainda não sabemos como se comporta no nosso clima, visto serem mais cultivadas na Madeira, por terem um clima mais favorável ao seu desenvolvimento.
Não conhecemos ninguém aqui em Portugal que tenha uma anoneira a frutificar, ou que já tenha frutificado com sucesso. Pelo que temos lido isso só acontece no sétimo ano, e não antes.
Quanto à questão da poda, a árvore pode ficar com a altura que achares mais conveniente, mas parece-me razoável entre os 2,5m e os 3,5m para ser mais fácil lidar com ela quando for maior.
Se houver alguém com mais experiência do que nós em relação a esse assunto sempre pode deixar testemunho, que agradecemos.
Cumprimentos

Ana Santos a 24 de Setembro de 2012 às 15:13

Valeu o comentário, muito obrigada. Mas, pelas minhas pesquisas vais obter mais sucesso com as anonas aí do que eu aqui. Aqui é litoral e o vento forte é quase todos os dias e as vezes chove demais na época que devia ser a floração, dois fatores que impedem a árvore de dar bons frutos. Se eu souber de alguma dica extra, deixo aqui. Por enquanto... boa sorte para nós com as anoneiras. Abraços.
Marlene a 27 de Setembro de 2012 às 16:06

A ver vamos, ainda tenho de esperar uns anitos, só depois é que se vê se o clima é ou não favorável à frutificação!
As dicas extra são sempre bem vindas obrigada :-)
Espero que possas ter o prazer de em breve desfrutar de uma bela carrada de anonas tuas. Abraço
Ana Santos a 29 de Setembro de 2012 às 15:14

Olá
Aqui há tempos, o Presidente da republica disse em público que tem um pomar de anoneiras...a produzir...no Algarve.
Cumprs
Sansoni7 a 30 de Setembro de 2012 às 19:55

Olá
Hoje pela primeira vez comi anonas sem serem de supermercado. Uns primos meus têm em Vila Nova de Milfontes (alentejo litoral) uma tão grande no quintal que produz anonas com algumas a atingir 800gr!!! (de verdade, se não visse não acreditava) os vizinhos também têm uma que frutifica há vários anos mas são mais pequenas. Ficámos com sementes, e foi assim que aqui cheguei pois andava à procura de informação sobre a melhor época para semear. Mas fiquei desmotivada: 7 anos para frutificar??? Por acaso não me lembrei de perguntar aos meus primos se a deles foi de semente, se compraram a árvore já pronta a plantar ou mesmo, quanto tempo demorou a frutificar...
Vanda a 13 de Janeiro de 2013 às 17:38

Obrigado pelas informações. Resta saber se as anonas frutificam também com facilidade na região centro e norte de Portugal. Sobre a questão dos 7 anos, das sementes e excertos, etc, ainda são aspectos que vamos tentar descobrir na prática e experiência ao longo do tempo. Vamos esperar para ver.
gojiberries a 13 de Janeiro de 2013 às 22:02

Olá Vanda!
Vi o seu comentário no blog acerca da anoneira dos seus primos e fiquei logo com vontade de lhe fazer um pedido. Eu tb sou natural daquele Concelho (Odemira) embora viva no Seixal. Tenho uma anoneira que não foi enxertada e gostaria de pedir uns garfos dessa anoneira. Será que os seus primos se importariam?
Com os melhores cumprimentos.
Luis Pacheco
luis a 25 de Julho de 2013 às 15:41

Viva Luís!
Se tiver facebook pode enviar-me mensagem por lá e depois posso colocá-lo em contacto com o filho dos meus primos e combina diretamente com ele :)
o link para o meu facebook é o seguinte:

https://www.facebook.com/vanda.cristina.520
Vanda a 1 de Agosto de 2013 às 22:50

Boa tarde,
Gostava de entrar em contato com os eus primos de Vila Nova de Milfontes que têm a anoneira pois gostava de arranjar algumas sementes dessa anoneira para uma experiência nos meus trabalhos da universidade.

A. Cardoso a 4 de Março de 2014 às 17:05

Olá
sabe como faço para o mail e tmv do meu primo não ficar exposto a todos?
Vanda a 10 de Março de 2014 às 22:46

Podem mandar os contactos para o meu mail (marcorebelo10@sapo.pt) depois trato de os reencaminhar.
gojiberries a 11 de Março de 2014 às 21:12

Viva A. Cardoso,
então, conseguiu as sementes?
Cumps,
Vanda
Vanda a 15 de Março de 2014 às 23:02

Olá amigos! Vivo na Madeira, conheço e tenho anoneiras. Em relação ao facto dessa anoneira só "crescer para cima" talvez passa ser devido ao facto de se encontrar na sombra e esteja unicamente a procurar a luz, ao crescer em direção a ela (?). De qualquer modo, no primeiro ano, esta planta tem tendência a crescer desta forma mas depois tende a alargar a copa. Pode sempre ser podada na altura própria para que a copa adquira uma forma mais alargada e todos os ramos possam beneficiar da luz, escapar melhor aos ventos e ser mais fácil a apanha dos frutos. Na minha opinião, se a planta está bem exposta à luz, deixe-a crescer avontade e só depois poderá optar pela poda depois dos três anos de idade mas esta não é absolutamente indispensável. As anoneiras podem frutificar já no segundo ano de vida e não necessáriamente só ao sétimo ano. Na Madeira temos anonas que esgotam o nosso mercado facilmente e, por ser um fruto relativamente perene poucos se interessam pela exportação.Talvez ajudasse saber que é um fruto que está na onda no que se refere ao facto de ter propriedades anticancerigenas fantásticas.
João Nóbrega a 21 de Janeiro de 2013 às 21:41

Ola, é a primeira vez que vejo este blog, mas acho interessante!.
Fui hoje a casa de uma amiga e vi uma anneira com frutos gigantes!!!, vou provar um na proxima sexta feira.
Posso dizer que onde vivo vou descobrindo arvores de frutos que nem imaginava ver em portugal, e a frutificarem bem, já agora vivo no Algarve.
jesus a 15 de Outubro de 2012 às 20:01

Blog 5 estrelas. Sou novato nestas questões agrícolas, ainda não posso contribuir com nada, porque não sei nada, nem tenho qualquer experiência, mas quero aprender, tudo o que puder. Estou interessado, particularmente, em anonas, mirtilos, maracujás e outras frutas pouco conhecidas em Portugal continental. Um grande abraço a todos. Muito obrigado pelos vossos comentários, todos muito interessantes.
Leonardo a 24 de Outubro de 2012 às 00:34

Sempre que queiras levantar alguma questão, ou mesmo contar noticias sobre experiências que faças com esses frutos tás á vontade. Podes ir comentando por aqui. Toda a gente ia gostar de saber.
Obrigado!
gojiberries a 24 de Outubro de 2012 às 14:51

Olá a todos
Eu tambem tenho uma anoneira que semiei num pote grande, que tenho no meu terraço, e já tem cerca de três metros de altura, gostava de saber se a posso cortar para evitar de crescer demasiado
Cumprimentos a todos os curiosos
Alvaro Duque a 25 de Outubro de 2012 às 17:09

Olá Álvaro,
A tua anona vai ficar no pote instalada no terraço?
Pelo que tenho lido, o ideal seria tê-la num terreno espaçoso para ela crescer à vontade e poder atingir uma altura razoável de 4,5m a 6m ou mais dependendo do que se pretenda. Com os 3m de altura que ela já atingiu a meu ver ainda é muito cedo para lhe cortar a ponta, até porque ela ainda deve ter o tronco demasiado fino.
Caso pretendas fazer uma árvore de jardim com menos de 4m então aí talvez possas cortar a ponta já para que ela desenvolva ramos laterais, e aí eles não tardam nada.
As minhas anonas ainda nem um metro atingiram e além disso ainda estamos em fase experimental, portanto assim que possas vai dando novidades que agradecemos.

Cumprimentos e bons cultivos
Ana Santos a 25 de Outubro de 2012 às 22:38

Olá Bom dia.
Pois a minha anoneira vai ficar instalada num pote que tenho no meu terraço, e já está bem alta, o tronco está muito fino, só desemvolveu em alturam, eu pretendo mesmo que fique uma àrvore de jardim de outro modo não a posso ter,
agradeço a dica sendo assim lá para o fim do ano vou cortá-la para se desenvolver em ramificações.
Tambem tenho num pote uma àrvore muito engraçada que é um tamarilheiro, ou seja a àrvore de tomate, e o fruto é o tamarilho, ou o maracujá de tomate, com o fruto fica muito bonita com as folhas muito largas e verdes e os frutos muito vermelhinhos parecem mesmo tomates, a minha ainda não deu frutos, espero que venha a dar pois ainda só a plantei hà um ano e já está enorme.
Cumprimentos

Olá boa tarde,
Está bem então, mas espero que depois contes aqui como se está a portar a anona, quer em termos de ramificação, desenvolvimento e mais tarde se há ou não frutificação.
Quanto ao tamarilho podes ficar descansado que no ano que vem dará frutos ;).
Cumprimentos
Ana Santos a 26 de Outubro de 2012 às 14:24

Olá
Já que o tema também é maracujá, só registar que os meus maracujaleiros de fruto amarelo estão enormes. Foram semeados este ano e já terão cerca de 3 metros de altura. Vamos ver como suportam o Inverno.
Cumprs
Sansoni7 a 26 de Outubro de 2012 às 19:49

Boa tarde, vou começar por dizer que tambem sou uma apreciadora de anonas, a 2 meses comprei uma anona para provar e gostei, tirei as sementes e metade semeei num vaso e a outra metade meti em agua para ver quais germinavam mais rapido, e um dia destes fui ver as da terra e la estavam elas como se estivesse semeado a minutos atras assim como as da agua, porque sera que ainda nao rebentaram? Será que nao vou conseguir ter uma anoneira?
Sou da zona de Viseu, será que mesmo que alguma rebente, irei ter sucessso? Será que este clima daqui dá? Agradeço desde ja as vossas respostas, obrigado!
patricia a 23 de Janeiro de 2013 às 14:58

Olá!
Estas sementes costumam demorar a germinar pelo menos 2 meses. Têm uma casca dura a época ideal para semear é a na primavera quando o tempo começa a aqueçer.
No inverno é dificil. Há que esperar porque as anonas gostam de calor.
Quanto ao clima e á frutificação não há muitos dados mas é uma cultura comum na Ilha da Madeira e possivel no algarve no algarve.
Por agora resta-nos esperar e ver no que dá.
gojiberries a 23 de Janeiro de 2013 às 21:19

Boa tarde.

Como sou apreciadora de anonas e também gostaria de ter no meu quintal, semeei alguns caroços (talvez na primavera de 2012) e no verão nasceram umas 8 plantas. No outono replantei algumas e dei outras. As que estão na terra estão a crescer bonitas e com 50 a 60 cm de altura. Pelo que li atrás terei de enxertá-las. No entanto comprei uma anoneira há 1 ano e meio e enxertada, tem cerca de 2m. e fui surpreendida esta semana com uma anona. Também estou a aprender... Será que daqui a uns 2 anos posso tirar "garfos" para enxertar as pequenas?? Posso podar esta árvore? Se sim, em que mês?
Cumprimentos
Maria Lopes
Marinha Grande
Maria Lopes a 17 de Novembro de 2013 às 18:38

bom dia,adoro o vosso log, para leigos como eu apenas atrevidos com a natureza é excelente.
vivo perto de sintra e gostava de uma dica vossa se terei exito com minha anoneira que já tem pelo menos 3 anos
e cerca de 1 metro apanha sol mas também algum vento.
tem cerca de 4 astes e as folhas estão lindas.
o chão é um pouco pobre,devo adubá-la?? e com quê??
obrigado saudações
mceleste a 20 de Novembro de 2013 às 09:12

Olá! Eu também sou leigo. Mas quero aprender.
Podes cavar com cuidado á volta da árvore e enterrar algum estrume ou outros restos de matéria orgânica. Depois tapas novamente. Desta maneira o solo vai enriquecer um pouco.
Podes adubar também na altura da primavera com um adubo quimico normal para árvores de fruto.
gojiberries a 20 de Novembro de 2013 às 17:40

Antes de mais muito obrigado a todos pelos comentários que muito nos ajudam a tratar melhor das nossas plantas. Moro em Mafra e o ano passado, semeei algumas sementes de anona e, dessa sementeira, resultaram cinco arvores lindas e já com cerca de 1,5 metros de altura e com um tronco já com um diâmetro significativo. Na próxima primavera tenho que enxerta-las mas não sei como fazer. Por isso deixo aqui a seguinte sugestão:- dou três das cinco plantas a quem me enxertar as outras duas. Fico à espera de interessados no meu pedido de ajuda. Cumprimentos a todos e boas plantações/enxertias. Armando
Armando Noro a 24 de Novembro de 2013 às 22:53

Olá
E porque vais enxertar as anoneiras?
Não sou muito entendido, mas pelo que li, só haveria necessidade de enxertia se não tivesses uma Anoneira e então enchertavas um galho da planta ( anoneira) numa outra a que se chama porta enxertos.
Ora vê aqui:

http://www.iac.sp.gov.br/areasdepesquisa/frutas/frutiferas_cont.php?nome=Anonas

Cumprs
Augusto
Sansoni7 a 26 de Novembro de 2013 às 12:25

Obrigado Augusto pelo teu comentário mas como sou um leigo na matéria, resolvi enxertar as anoneiras porque, segundo dizem os entendidos, acreditando que estão a falar a verdade, as anoneiras resultantes de plantas semeadas, são bravias e os frutos são muito mais pequenos. Por isso resolvi enxerta-las. Se soubesse que não era preciso ficava muito feliz porque as cinco plantas estão lindas e ainda muito viçosas, nesta altura do ano.
Cumprimentos

Armando

Olá
Depois de postar o comentário fui ler todos os comentários que existem neste tópico e vi que, de facto, quem sabe sugere a enxrtia, por isso ignorância minha.

Leste o artigo do link acima? Pelo que li, pareceu-me que a enxertia da anonira é eita num porta enxertos que não a anoneira...mas se calhar o que eu penso ser uma outra planta ( porta enxertos) é uma varidade de Anoneira.

A enxerta não é difícil...há vários vídeos no youtube que ensinam a técnica, o difícil será arranjar enxertos.

Creio que no Algarve há várias plantações de Anonas...quem sabe orientas por lá um «galho» para enxertares.

Cumprs e boa sorte
Augusto

Cumprs e boa sorte
Sansoni7 a 26 de Novembro de 2013 às 13:39

Olá outra vez

Uma vez que tens 5 plantas, porque não experimentas fazer enxertos de umas plantas nas outras tipo cruzamento?

Cumprs
Augusto
sansoni7 a 26 de Novembro de 2013 às 13:43

Augusto eu penso que o enxerto terá que ser de uma planta que já não seja brava, ou seja já a dar fruto depois de ter sido enxertada. Obrigado pela sugestão de procurar enxertos no Algarve. Se não aparecer nada mais perto, é isso que vou fazer. Mais uma vez obrigado

Armando

Olá, cá estou eu outra vez porque só agora foi ler o link e é verdade que, segundo o que ali diz, o porta enxertos deve ser de outra planta mas eu penso que também podem ser utilizadas como porta enxertos as próprias anoneiras bravas. Não tenho a certeza por isso peço ajuda a quem perceba do assunto.

Cumprimentos


Armando

Viva
Olha alguns links que talvez ajudem:

http://www.scielo.br/pdf/rbf/v26n1/a50v26n1.pdf

http://amador.blogs.sapo.pt/16042.html?page=2

http://repositorio.unb.br/bitstream/10482/4736/1/2009_LuisFelipePaesdeAlmeida.pdf

Este ultimo link é de uma tese de mestrado sobre a enxertia de Anonas. Tens que le, mas creio responderá a muitas das tuas dúvidas.

Cumprs e boa leitura
August
Sansoni7 a 27 de Novembro de 2013 às 08:31

Olá
Armando, tenho um amigo na madeira e pedi-lhe ajuda para este assunto.
Eis a rsposta:

« Marca um galho que neste momento tenha várias anonas.



No mês de Fevereiro uma anoneira que tenha crescido normalmente com o seu tronco com cerca de 3/4cm de espessura, corta-se a planta a altura do chão 50cmm e racha-se ao meio.



Depois coloca-se o galho que foi marcado, no meio da racha / tronco, numa profundidade de 4/5 cm no interior, revestido de terra que tem de ter sempre humidade, envolta num plástico.



Assim nasce anoneira para dar frutos! »

Entretanto respondi que o teu poblema é não ter uma anoneira que sirva de enxerto; aguardo a resposta.
Cumprs
Sansoni7 a 28 de Novembro de 2013 às 08:13

Olá Armando
Já tenho o endereço de e-mail do «madeirense» que se disponibilizou a ajudar.
Precisámos de encontrar uma forma de eu lho facultar sem ser por uma forma pública.
Alguma ideia?
Cumprs
Augusto
Sansoni7 a 28 de Novembro de 2013 às 13:14

Boa noite Augusto. Muito obrigado por toda a atenção dispensada e, mesmo que não consigamos mais nada, já é de grande utilidade.
Pois disseste muito bem!!!. .. . o meu problema é não ter uma anoneira a dar frutos para daí retirar os enxertos. porta enxertos tenho eu cinco e muito bons.

Fico então a aguardar a resposta do nosso amigo da Madeira.

Cumprimentos

Armando

Viva amigo Armando
O meu amigo madeirense já disponibilizou o email; agora não sei é como lho hei-de facultar a si, sem que o mesmo se torne publico; alguma ideia?
Cumprs
Augusto
Sansoni7 a 28 de Novembro de 2013 às 18:48

se quiserem podem mandar as vossas moradas de e-mail para o meu contacto. Depois trocarei darei os emails de cada um aos dois.
gojiberries a 29 de Novembro de 2013 às 15:32

Viva
Já segiu o email do meu amigo...Açoreano e não Madeirense como por lapso tenho escrito.
Quando tiveres o email do Armando, por favor, faz-lhe chegar o meu mail com o contacto que nele coloquei.
Obrigado
Cumprs
Augusto
Sansoni7 a 29 de Novembro de 2013 às 15:56


mais sobre mim
pesquisar
 
contador de visitas
Junho 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
12
14
15
16

18
19
21
22
23

24
25
27
29
30


contacto

últimos comentários
Fiquei contente por poder contactar com uma pessoa...
não deixes de visitar http://olugarzinhodaceu.blog...
Existem algumas informações importantes e simples ...
Grande ideia, mas a cobertura da terra com plástic...
OláSó para actualizar o meu último post...Ontem ve...

blogs SAPO


Universidade de Aveiro